ZÉ BARÃO, UM NOBRE HOMEM

sexta-feira, 2 de março de 2012

Jardim de Piranhas, uma vez mais, vê-se desfalcado de um de seus ilustres filhos. Perde-se um grande homem, patriarca de numerosa e respeitada família, cidadão de inúmeras qualidades.

Zé Barão não era nobre apenas no apelido. Portou-se, sempre, com a hombridade e a honradez características das mais distintas personalidades. Contribuiu, a seu modo, para fazer desta terra um lugar melhor de se viver.

Imagino a dor que, neste momento, corrói a alma de seus amigos e familiares. Presto minha solidariedade a todos, principalmente a minhas ex-professoras Dilzete e Jalmira, a meu grande amigo Dorian e a meu ex-colega de faculdade, Talles. Deus, certamente irá confortar a todos, porém não conseguirá, jamais, preencher a lacuna que ficará na vida dos que o amavam.

2 comentários:

Anônimo disse...

Alcimar esta vírgula depois do Deus não tá separando sujeito do predicado? Sou só leitora, não sei bem o português, quero que vc tire a dúvida.Acho que ficava certo se botasse outra depois de certamente.ou se retirasee a depois de Deus. Não sei.

ALCIMAR DA SILVA ARAÚJO disse...

Realmente, esqueci-me de colocar outra vírgula depois de "certamente". Obrigado pela correção.

Postar um comentário

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "